Variações em torno de um poema



Ao som dos versos de Florbela Espanca.

Anúncios
Comments
One Response to “Variações em torno de um poema”
  1. A Navegante disse:

    “Quem me dera encontrar o verso puro,
    O verso altivo e forte, estranho e duro,
    Que dissesse a chorar isto que sinto!”

    Florbela Espanca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: